Perita Oficial do Tocantins faz visita técnica ao Instituto Técnico-Científico de Perícia do Estado do Rio Grande do Norte

25/03/2021 25/03/2021 17:18 262 visualizações

Perita Oficial do Tocantins faz visita técnica ao Instituto Técnico-Científico de Perícia do Estado do Rio Grande do Norte

Na última quarta-feira, 18/03, a Perita Oficial do Tocantins, Georgiana Ferreira Ramos, visitou o  Instituto Técnico-Científico de Perícia do Estado do Rio Grande do Norte com o objetivo de conhecer as instalações físicas e administrativas do ITEP, que no cenário nacional se mostra como referência na área de perícia criminal.

Na ocasião, foi recebida pelo Diretor Geral da Polícia Científica, o Perito Criminal Marcos José Brandão Guimarães e pelo Diretor do Instituto Médico Legal, o Perito odontolegista Fernando de Souza Marinho.

Na visita, foi possível conhecer a estrutura e o funcionamento dos institutos, além da Perita participar da demonstração e funcionamento do equipamento de intensificação de imagem FlatScan, o qual está em pleno uso, pois a equipe foi adequadamente treinada e o aparelho está com as devidas manutenções em dia. "O Instituto Técnico Científico de Perícias do RN possui autonomia administrativa para gerir seus próprios recursos. Isso faz com que as necessidades de equipamentos, materiais, manutenções preventivas sejam realizadas, fazendo com que a Perícia Oficial do Estado consiga prestar um serviço de qualidade a população, tornando os profissionais cada vez mais motivados. " ressalta o Diretor do IML-RN, Fernando de Souza Marinho.

Outro destaque foi a equipe de Arqueologia e Antropologia Forense do RN que contam com médico-legista, Odontolegista e agentes de autópsia. Essa equipe dispõe de sala para receber os familiares de desaparecidos. Coletam os dados, preenchendo ficha de informações ante morte, depois a equipe confronta com os dados dos exames realizados pelos Peritos e fazem o exame comparativo para positivar a identificação. Além disso, a seção dispõe de freezer para acondicionamento de amostras para futuro exame Genético, caso seja preciso, de forma muito organizada seguindo o protocolo da cadeia de custódia.

Segundo a Perita Georgiana foi uma visita importantíssima para conhecer a realidade local desse Instituto que presta um excelente serviço a população e se tornou referência nacional em arqueologia e Antropologia Forense graças a essa equipe extremamente organizada, preparada e comprometida em dar respostas aos casos de desaparecidos no Estado.

"Pude conhecer a estrutura do Instituto Médico Legal, do Instituto de Criminalística e do laboratório de Análises Forenses, além de conversarmos sobre a situação funcional da perícia nos dois estados. Boa oportunidade para futuramente planejarmos intercâmbio de informações e sugerirmos cursos de capacitação aos nossos Gestores Estaduais".

De acordo com a Médica Legista e Arqueóloga do ITEP-RN, Dra. Elaine Cunha, o conhecimento adequado das técnicas arqueológicas e meios de se fazer a coleta dos restos mortais esqueletizados no local onde são encontradas se torna importantíssimo para preservação de vestígios e informações que serão fundamentais para a Identificação.

Segundo o Presidente do Sindicato dos Peritos do Tocantins, Silvio Jaca, esse intercâmbio de informações entre as Perícias Estaduais é importante para melhorar a nossa capacidade de resposta frente as demandas que surgem. "Inclusive já estamos nos organizando para futuramente esses profissionais virem ministrar esse curso de Capacitação em Arqueologia e Antropologia nos locais de encontro de restos mortais esqueletizados."

Fonte: SINDIPERITO

ASCOM: Pedro Lima