Comissão de Biossegurança do IML discute medidas para aumentar segurança e saúde ocupacional aos servidores do Instituto

26/02/2021 26/02/2021 17:28 148 visualizações

Comissão de Biossegurança do IML discute medidas para aumentar segurança e saúde ocupacional aos servidores do Instituto

12/02/2021 - Patricia de Paiva – Governo do Tocantins

Com o objetivo de discutir soluções que garantam mais segurança e saúde ocupacional aos servidores do Instituto de Medicina Legal (IML), órgão vinculado à Superintendência da Polícia Científica do Tocantins, a Comissão de Biossegurança do IML realizou nesta quinta-feira, 11, a primeira reunião para iniciação dos trabalhos. A Comissão de Biossegurança do IML foi instituída em novembro de 2019 e a publicação com os novos membros ocorreu no Boletim Interno da SSP n° 067 de 21 de janeiro de 2021.

De acordo com a assessora de Saúde Ocupacional e Qualidade de Vida, Jarllany Cirqueira, a Comissão desempenha um papel muito importante. Ela ressalta que por meio da Comissão será possível propor medidas e o acompanhamento da implementação de planos que contribuam para o aumento da segurança, saúde e bem-estar dos profissionais do Instituto. 

Comissão Interna 

A Comissão Interna de Biossegurança (CIBio) do Instituto Médico Legal do Tocantins é um órgão consultivo, normativo e fiscalizador. Seus objetivos são planejar, executar e avaliar ações de biossegurança e controle de microrganismos, conforme legislação vigente.

A Comissão também é responsável pelo acompanhamento da implementação do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público do Trabalho, do Plano de Prevenção de Acidentes com Materiais Perfurocortantes (PPRA), Plano de Controle Médico em Saúde Ocupacional (PCMSO) e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA).

Fonte: SSP