Dez instituições ligadas aos servidores públicos protocolam ofício ao Governo solicitando a imediata publicação da lista de instituições credenciadas para antecipação dos passivos

24/09/2022 20/10/2022 15:15 130 visualizações

Da Ascom

Dez instituições ligadas aos servidores públicos estaduais (Sindicatos e associações) protocolaram na manhã desta sexta-feira, 23, ofício ao Governo do Estado, em que solicitam a imediata publicação no Diário Oficial do Estado (DOE), da lista de instituições financeiras e bancos que se credenciaram para antecipação dos passivos devidos aos servidores públicos do Executivo do Tocantins. 

No ofício, as instituições também cobram do Governo, que seja divulgada o valor das taxas de juros praticadas no adiantamento dos passivos dos servidores por cada instituição credenciada. A medida ocorre em meio uma grande procura dos servidores por informações sobre o assunto junto as instituições que lhes representam. 

No documento, as instituições ressaltam que ‘a demanda é crucial para que os Sindicatos e Associações possam esclarecer aos seus filiados, que têm exaustivamente procurado informações a respeito desse credenciamento, bem como diante recente nota publicada por uma das instituições bancárias, a qual afirma já estar credenciada, gerando ainda mais especulações e pressão dos servidores para publicação desse credenciamento por parte do Governo Estadual’.

Quem assina o ofício

Assinam o ofício os presidentes do Sindicato dos Peritos Oficiais do Tocantins (Sindiperito), Silvio Jaca, do Sinpol, Suzi Francisca, do Sisepe-TO, Elizeu Oliveira, do Sindifato, Renato Soares, do Seet, João Batista, do Sindare-TO, Jorge Couto, da Agesto, Rogério França, do Seageto, João A. R. Aragão, do Sinfito, Rafael Couto e por Marcílio Cavalcante, secretário do Sicideto.