Mais de 3 mil carteiras de identidade aguardam retiradas nas unidades do Instituto de Identificação do Tocantins

04/05/2022 17/05/2022 10:24 102 visualizações

Da Ascom

A diretora do Instituto de Identificação do Tocantins (órgão ligado a Polícia Científica), Naídes César, informou nesta quarta-feira, 4, que mais de 3 mil carteiras de identidade (RG), aguardam por retiradas nas Unidades do Instituto. Conforme a Superintendência de Polícia Científica, Somente na Capital Palmas, cerca de 1 mil documentos de RG, entre primeira e segunda via, que foram solicitados, aguardam serem resgatados pelos seus respectivos donos. 

No último mês o Instituto de Identificação realizou 12.346 atendimentos, destes, 3.125 foram na capital e 9.221 em suas unidades do interior. A diretora do Instituto de Identificação, Naídes César, explicou que alguns documentos estão lá há mais um ano aguardando a sua retirada e reforça que para a produção de cada documento deste, é gerado um ônus para o Estado.

“Quando a pessoa é atendida para solicitar sua carteira de identidade, ela recebe um número de protocolo para acompanhamento on-line do seu processo, caso seja cadastrado um e-mail por ocasião do atendimento, posteriormente é enviado para este uma notificação avisando que o documento está disponível para retirada. Nós estamos fazendo a nossa parte e agora precisamos que o cidadão faça a dele, retirando o seu documento, que para ser emitido demandou recursos humanos, ou seja, empenho dos nossos servidores, e também gerou um custo financeiro para ser produzido”, destacou a diretora. 

Como retirar

A retirada pode ser feita nas unidades em que o cidadão foi atendido, respeitando o horário de funcionamento da unidade. Não há necessidade de pegar senha, basta dirigir-se ao protocolo da unidade apresentando o protocolo recebido no ato do atendimento, ou um documento de identificação do solicitante. 

Os documentos também podem ser retirados por terceiros, desde que estes estejam portando o protocolo recebido no ato do atendimento devidamente preenchido e assinado pelo requerente do documento, e um documento de identificação com foto. Quando se tratar de uma segunda via da carteira de identidade, será obrigatória também no ato da retirada, a apresentação do DARE referente ao recolhimento da taxa, devidamente quitado. (Com informações da Ascom da SSP-TO).