Perito Oficial do Tocantins participa do II Curso de Especialização em Criminalística Aplicada a Locais de Crime em Brasília

17/05/2022 06/06/2022 14:30 161 visualizações

Da Ascom

O Perito Oficial do 6 Núcleo Regional de Perícias de Porto Nacional, Leandro do Carmo Pitta,  estar participando, em Brasília (DF), do II Curso de Especialização em Criminalística Aplicada a Locais de Crime, que está sendo realizado pela Academia Nacional de Polícia/Polícia Federal (ANP/PF). A fase presencial começou no dia 7 de março, segundo informou o Perito. 

O curso terá duração de um ano e meio, com previsão de término para Setembro do ano de 2023. Conforme o Perito Oficial, ‘no momento ainda estamos fazendo as disciplinas teóricas e práticas. E, ao final do curso apresentaremos um Trabalho de Conclusão de Curso, baseado nas disciplinas que estudamos’, relatou.

O curso, que é resultado de uma parceria entre a Academia Nacional de Polícia (ANP/PF), Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP/MJSP) e Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (SEGEN/MJSP) conta com 31 participantes, sendo 10 Peritos Criminais Federais e 21 Peritos Oficiais vinculados a órgãos de perícia nos estados. 

Nesta fase presencial os alunos irão aplicar os conhecimentos teóricos obtidos nas aulas tele presenciais que iniciaram no dia 3 de março. Os exercícios ocorrem no Instituto Nacional de Criminalística e nas instalações do Comando de Operações Táticas da Polícia Federal.

O Curso de Especialização em Criminalística Aplicada a Locais de Crime nasceu da necessidade de uniformização de doutrinas, procedimentos e metodologias visando o fortalecimento da prova técnica e, consequentemente, o aumento da sua relevância para elucidação dos crimes.

A meta, é que realização de pesquisas aplicadas irá contribuir para a redução da criminalidade por meio da melhoria da gestão da qualidade da prova. A especialização possui 420 horas/aula. Serão realizadas no total quatro fases presenciais em Brasília, intercaladas com etapas de trabalhos a distância durante todo o ano letivo de 2022. No ano de 2023 os alunos produzem seus trabalhos de conclusão de curso e fazem suas defesas em banca pública.

A participação de peritos criminais federais e dos representantes de 21 unidades da federação, além de auxiliar na uniformização das matrizes curriculares de futuros cursos nos estados, vai permitir a ampliação da cooperação e da integração entre os órgãos de segurança pública, além permitir a revisão e aperfeiçoamento das metodologias e técnicas de trabalho.